A sua escolha em viagens bíblicas para Israel, Egito, Jordânia, Turquia e Grécia!

  • slideslateral

Veja Israel ao Vivo

Agora você pode ver alguns lugares em Israel ao Vivo!

Muro das Lamentações
Cidade Antiga - Jerusalém
Tel Aviv

Whitepaper - Peregrinações

Peregrinação

As viagens religiosas, também chamadas de peregrinações, vêm crescendo potencialmente no mundo cristão. Dados da Organização Mundial do Turismo mostram que cerca de 600 milhões de pessoas viajam por ano motivados pela espiritualidade. Desse total, cerca de 40% escolhem a Europa e pouco mais de 50% preferem a Asia.

É de suma importancia para os evangélicos conhecer a Terra Santa prometida nas Escrituras Sagradas.
A palavra peregrinação surgiu do latim per agros, que siginifica pelos campos. O sentido da palavra nem sempre é relacionado à religião. Muitas pessoas se consideram peregrinos por terem realizado uma jornada com algum propósito por determinado lugar. Esse é o principal sentido da palavra: ninguém pode ser considerado peregrino sem nenhum propósito, seja ele espiritual ou não.

O termo surge no português no início do século XIII para denominar os religiosos que vistavam locais sagrados, como Roma e Israel, com o objetivo de cumprir promessas ou imposições da igreja, ou até mesmo se auto castigar por algum pecado.

Origens Biblícas

Peregrinar para os cristãos é uma missão que teve origem no antigo testamento. Temos como exempo Abraão, que após receber a promessa de Deus em sua vida recebe do altissimo uma ordem de sair de sua casa na cidade de Ur e ir em direção a terra que o Senhor lhe mostraria “Sai da tua terra e da tua parentela e vem para a terra que eu te mostrarei.Gn. 12:01” Essa peregrinação tinha como motivo conquistar os lugares onde peregrina-se e o levou do Egito até o grande rio Eufrates (Gn. 15:18), vemos seu filho Isaque sendo impedido de peregrinar pelo Egito e recebendo uma ordem de peregrinar em Gerar e recebendo a mesma promessa de seu pai (Gn 26: 2-6), e como continuação desta peregrinação Jacó recebe de seu pai a benção de seu avô Abraão(Gn. 28:14), e vai em direção Padã-Arã e no percurso de sua jornada de peregrinação recebe revelações de Deus e prosperá em tudo que faz.

Faz-se menção a peregrinação do povo Hebreu retratadas no Êxodo como exemplo de propósitos, conhecimento e experiências com o Senhor. Moisés atravessou o deserto durante 40 anos conduzindo o povo de Israel até o limiar de Canaã, a Terra Prometida. Os Judeus até o dia de hoje mantém a tradição de peregrinar a Israel para comemorar as festas que são: Pêssash (páscoa), Shavuot (Festa das luzes), Sukot (Tabernaculos), o próprio Senhor Jesus participou destas peregrinações uma delas mencionada aos 12 anos de idade na páscoa (Lc. 2: 41-46) mais tarde também na festa de Shavuot também comemorada junto a festa da dedicação (Jo. 10:22).


As peregrinações no Cristianismo iniciam no século IV e tinham como pincipal destino a Terra Santa. Além dos locais sagrados pelos quais Jesus passou, os peregrinos visitam também os supostos locais onde estão enterrados aqueles que deram a vida para testemunhar sua fé ao mundo. Outros pontos valorizados são os caminhos que os apostolos fizeram para propagar a Palavra do Senhor. Um dos caminhos mais percorridos por peregrinos evangélicos, além dos de Jesus, são os caminhos do apostolo Paulo, um dos maiores evangelizadores.

Mas a Terra Santa continua sendo o ponto preferido pelos cristãos que sonham em percorrer os caminhos de Jesus.

A cidade de Jerusalém foi a cidade do Ministério de Jesus. Foi lá que Cristo andou, pregou a Palavra do Senhor, operou milagres, morreu e ressuscitou:

E, tomando consigo os doze, disse-lhes: Eis que subimos a Jerusalém, e se cumprirá no Filho do homem tudo o que pelos profetas foi escrito;
Lucas 18:31

E aconteceu que, completando-se os dias para a sua assunção, manifestou o firme propósito de ir a Jerusalém.
Lucas 9:51

Jerusalém é o principal destino, mas cidades como Belém, onde Jesus nasceu, Nazaré, onde passou a infância, conforme os registros de Lucas e Mateus, também são importantes para quem percorre os caminhos de Cristo.

A peregrinação como missão

A peregrinação na Terra Santa é uma atualização permanente da Palavra do Senhor. Cristãos que conheceram Israel relatam que se sentiram vivendo a Palavra.
Conhecer a Terra Santa é um convite ao cristão para que se ponha a caminho. Cada pessoa tem uma missão ao peregrinar à Terra prometida. Pastores recebem a missão de levar sua igreja e pregar nos locais sagrados. Cristãos buscam encontrar plenitude na Jerusalém Celestial.

Mas chegastes ao monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos muitos milhares de anjos;
Hebreus 12:22

Cada um com a sua missão, milhares de Cristãos do mundo todo visitam Israel todo ano. Dados do Ministério do Turismo do país mostram que em 2009 um total de 2,7 milhões de pessoas visitaram Israel e em 2010 esse número subiu para 3,3, sendo 28,5 mil brasileiros.

Peregrinação como testemunho

Os lugares centrais dos Mistérios da vida do Cristo foram transformados em lugares de Culto por serem sinais visíveis da manifestação de Deus e da Salvação por Ele realizada na história.

Assim, lugares como Nazaré, Cafarnaum, Belém, Monte das Oliveiras, Cenáculo, Getsêmani, Via-Sacra, Calvário, Túmulo vazio e tantos outros foram santificados pela presença do divino e seus apóstolos e consagrados pelas orações, sacrifícios e pelas inúmeras experiências de tantos homens e mulheres que, desde então, até os dias de hoje, movidos pela fé, buscam tocar as pegadas de Cristo com seus próprios pés e viver uma experiência de transformação. Peregrinar na terra santa de Israel realmente é viver e conhecer mais de Deus.

cidades

Realizando um sonho

O mercado Brasileiro conta hoje com inúmeras agências de viagens que promovem viagens à Terra Santa. Para essas viagens, normalmente, são formadas caravanas com lideranças espirituais para pregações nos locais sagrados.

A peregrinação em grupo é algo que facilitou a realização do sonho dos cristãos. Viagens nesse formato barateiam as passagens e tem um fim realmente espiritual, que é o de pregar ou ouvir a Palavra nos destinos, e não apenas conhecê-los culturalmente.

Existem, inclusive, operadoras de turismo especializadas em formar caravanas a partir do interesse dos pastores e dar todo o apoio nesse importante passo para a realização se um sonho ou de uma missão. A Terra Santa Viagens promove caravanas e, além de especializada, é focada apenas em viagens religiosas para o público evangélico. A empresa surgiu para atender a um chamado de Isaías 46:6:

Direi ao norte: Dá; e ao sul: Não retenhas; trazei meus filhos de longe e minhas filhas das extremidades da terra.
Isaías 43:6

Esses e outros motivos tornam a peregrinação cada vez mais popular e acessível até mesmo às classes mais baixas, possibilitando cada vez mais aos cristãos cumprirem suas missões ou realizar seus sonhos.

"Ser peregrino é uma das formas de aprender com os exemplos bíblicos, com o povo que vive nos lugares percorridos e acima de tudo crescer com as experiências vividas e sentidas em cada lugar visitado." Pr. Fernando Siqueira (colaborador deste artigo)

 

Próximo: Moisés, um guerreiro egipcio a favor dos judeus          Anterior: Festa de Tabernáculos

Não nos responsabilizamos por pagamentos feitos a terceiros que não sejam cheque nominal ou depósito na conta corrente da Terra Santa Viagens.

© Copyright [Terra Santa Viagens] - Sitemaps: HTML | XML | URL | RSS